Precisamos falar de meio ambiente: o que podemos fazer para reduzir o impacto ambiental?

Precisamos falar de meio ambiente: o que podemos fazer para reduzir o impacto ambiental?

A cada dia cresce a necessidade de se repensar a forma como a humanidade interage com o planeta, como cada um de nós – como indivíduos e como parte do coletivo – utilizamos os recursos naturais e como podemos transformar pequenos e grandes hábitos para alcançar o desenvolvimento sustentável.  No mês de junho, devido ao Dia Mundial do Meio Ambiente e à Semana do Meio Ambiente, esses debates vêm à tona e temos aí um excelente momento para refletir e principalmente, propor soluções.

Desde a Eco 92 (conferência realizada pela ONU) o tema desenvolvimento sustentável passou a fazer parte do vocabulário corporativo, sobretudo em setores que lidam diretamente com o meio ambiente. Embora seja urgente repensar o uso dos recursos naturais, já evoluímos em diversos aspectos. Para lhe inspirar, listamos medidas simples que vem sendo adotadas por grupos de pessoas, organizações e até mesmo para o mercado. Que tal leva-las para sua empresa também? Veja os exemplos e mãos à obra!

Redução do uso de plástico

O plástico é um dos grandes problemas acerca da preservação ambiental. Há alguns anos a indústria e a sociedade buscam alternativas para reduzir, e se possível, eliminar o uso do plástico. Campanhas como uso da ecobag e abolição da sacola plástica, substituição dos canudos de plástico por canudos de outros materiais, troca de embalagens de plástico por papel ou refis e uso de copos e utensílios laváveis nas empresas são as medidas mais comuns entre a população e que já vem tomando conta do dia a dia.

Reciclagem

No âmbito pessoal, já notamos grupos e empresas adotando a coleta seletiva, o reaproveitamento de embalagens e a produção de artesanato com material reciclado. Já nas indústrias, a reciclagem é além de tudo uma fonte de economia de recursos e otimização da estrutura de custos. Nesse caso, a construção civil, as indústrias e o agronegócio destacam-se nas vantagens se apostar na reciclagem.

Opção pela chamada energia limpa

A chamada energia limpa está ganhando espaço em organizações de todo o mundo. Apesar de não eliminarem 100% do impacto ambiental, os possíveis danos são expressivamente menores do que as demais fontes.

Grandes organizações como Coca-cola, Google, Tetra Pak, Nike e Microsoft, entre outras, já estão migrando para o uso da energia renovável, com destaque para a energia solar e para a eólica. Aqui no Brasil, um dos pilares desse “pacto verde” entre as empresas é a redução máxima de emissão de poluentes, temática abordada inclusive pela campanha da ONU neste ano.

Campanhas de conscientização

As campanhas de informação e conscientização são altamente relevantes, uma vez que permitem às pessoas e empresas buscarem medidas para inserir a preservação e as boas práticas ambientais em seu dia a dia. O enfoque pode estar ligado a diversos aspectos da organização, tais como a CIPA e a segurança do trabalho em geral.

Empresas como Usiminas, Natura, Phillips e Fiat já integraram em sua programação ações e políticas de bom uso dos recursos naturais, bem como espaços para discussão e difusão da consciência sustentável. No mês de junho, acontece uma abordagem diferenciada, com objetivo de dar mais visibilidade ao tema.

E aqui na Mirante…

A Mirante, que tem na natureza seu principal campo de trabalho e geração de oportunidades, destaca a importância de ações e debates sobre a preservação do meio ambiente e reforça seu compromisso com as melhores práticas ambientais no dia a dia de nossas equipes, seja em campo, seja nos escritórios.

Neste ano, resolvemos dar um passo mais largo rumo à prática diária da sustentabilidade: estamos desenvolvendo uma micro estação de geração de energia fotovoltaica, capaz de suprir toda a demanda energética do escritório sede. Em breve estará em plena operação.

Além da opção pela energia limpa, investimos na coleta seletiva nos escritórios locais e junto com as reformas que estão em curso, implantaremos a medida também no escritório central.

Acreditamos que é possível começar com ações simples e que somadas resultam num grande resultado para o meio ambiente. Fazem parte de nossas diretrizes o uso consciente da água, a redução de uso de plástico e papel no cotidiano, reaproveitamento de materiais, a utilização de carros econômicos e a constante discussão de medidas que possam garantir a harmonia entre o crescimento da organização e a preservação da natureza.

E na sua empresa, quais medidas são tomadas para reduzir o impacto no meio ambiente? Conte para nós e participe da discussão.